Brasil
Publicada em 28/04/20 às 12:43h
GNA destina R$ 2,8 milhões para o combate da COVID-19 em São João da Barra
O montante, que faz parte da condicionante ambiental da Licença de Instalação da GNA, foi autorizado pela Secretaria do Ambiente do Estado Rio de Janeiro

Grussai Fm


 (Foto: Grussai Fm)

A GNA – Gás Natural Açu, joint venture formada pela Prumo Logística, a BP e a Siemens, destinará cerca de R$ 2,8 milhões, referentes à compensação socioambiental de seu projeto termelétrico, no combate à disseminação da Covid-19. Os recursos serão aplicados na aquisição de insumos e equipamentos necessários para a prevenção quanto à disseminação do novo Coronavírus, bem como para o tratamento de pessoas infectadas no Município de São João da Barra.

 

Essa importante iniciativa foi formalizada na última sexta-feira, 24, por meio de Termo de Compromisso Ambiental (TCA) que possui como partes a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (SEAS), o Instituto Estadual do Ambiente (INEA), a Prefeitura de São João da Barra e a GNA.

 

Além do valor de compensação socioambiental redirecionado à saúde, a GNA está atuando em outras frentes de apoio e parceria com instituições e o poder público local. Em ação conjunta com empresas que atuam no Porto do Açu, está em andamento a aquisição de 90 mil EPIs para doação a profissionais da saúde, recuperação de 38 respiradores mecânicos de hospitais públicos da região e doação de insumos para produção de 5 mil máscaras tipo Face Shield, entre outras iniciativas. 

 

“Entendemos que a pandemia do COVID-19 afeta a todos e o momento é de união, não só com as empresas, mas com toda população. Atualmente, nossos esforços são para combater os impactos do vírus na região onde atuamos e todas as medidas reforçam nosso compromisso com os moradores de São João da Barra e Campos dos Goytacazes”, destaca Bernardo Perseke, Diretor-Presidente da GNA.

 

Sobre a GNA

A GNA, joint venture entre a Prumo Logística, BP e Siemens, está construindo no Porto do Açu (RJ) o maior parque termelétrico a gás natural da América Latina. O projeto compreende a implantação de duas térmicas movidas a gás natural (GNA I e GNA II) que, em conjunto, alcançarão 3 GW de capacidade instalada, além de um terminal de regaseificação de GNL (Gás Natural Liquefeito), de 21 milhões de metros cúbicos/dia.

 

 




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:





No Ar
Manha Animada com Fabrício Nani
(22)999640391

Peça sua Música

  • Camila
    Cidade: São João da Barra
    Música: Pare e Pense
  • Liane Gomes
    Cidade: Gargaú-São Francisco de Itabapoana
    Música: Fabiana Anastacio- Adorarei
  • Mallu Braga
    Cidade: Juiz de Fora - MG
    Música: Singular - Ana Vitória
  • Lorena Santtos
    Cidade: Grussaí.
    Música: Gustavo Mioto - Impressionando os anjos!
  • Lorena Santtos
    Cidade: Grussaí.
    Música: Gustavo Mioto - Impressionando os anjos!
  • Camila
    Cidade: Rio de Janeiro
    Música: Detran - Diego e Marcel
Publicidade Lateral
Chat dos Ouvintes

Digite seu NOME:


Estatísticas
Visitas: 271374 Usuários Online: 34


Parceiros

Copyright (c) 2020 - Grussai Fm - Todos os direitos reservados